Dieta Vegetariana

Para os amantes do churrasco, tornarem-se vegetarianos é quase uma ofensa. Mas esta luta se torna mais equilibrada quando você junta, no mesmo prato, as duas coisas. Entretanto, quem adota a dieta vegetariana, além de contribuir para uma qualidade de vida saudável e sem colesterol perde o peso.

Dieta vegetariana na bíblia

No Velho Testamento, já havia menção sobre o vegetarianismo, em Gênesis 1.29, em que Deus disse que deveria ser o alimento de Adão e Eva: “Tenho vos dado todas as ervas que produzem sementes e se acham sobre a face de toda a terra, bem como todas as árvores em que há fruto que dá semente. Servos-á para mantimento.”

A dieta vegetariana é o regime alimentar que exclui todos os tipos de carnes. Pode ser dividida em grupos:

– ovolactovegetarianismo: que consome ovos, leite, laticínios e vegetais;

– lactovegetarianismo: que consome leite, laticínios e vegetais;

– ovovegetarianismo: que consome ovos e vegetais;

– vegetarianismo estrito: apenas consome vegetais em sua dieta.

A filosofia dos vegetarianos é de que não se deve consumir nada que venha do animal ou incorra sofrimento do mesmo para consumo de ser humano, ao que chamam de veganismo.

Dieta Vegetariana

Como foi dito anteriormente, o equilíbrio para o bem-estar requer disciplina de consumo, porque mesmo alimentos não provenientes de animais ou a própria carne deles pode elevar o índice de calorias e engordar, além do risco de absorver pouco ferro, indispensável para o sangue e o organismo.

Nutricionistas dizem que, à dieta vegetariana, é preciso consumir vegetais – inclusive os escuros, como brócolis, ricos em ferro – entre outros produtos, exceto a carne. Um dos benefícios da dieta é a alta ingestão de antioxidantes e fibras, já que há mais consumo de frutas, verduras e legumes, cereais e produtos integrais.

Nutrientes importantes dessa dieta

Dentre os nutrientes necessários ao organismo e que são encontrados na dieta vegetariana estão, basicamente:

  • proteínas: pois a boa dieta com grãos e produtos verdes e naturais garantem este nutriente em dosagem satisfatória;
  • ferro: são encontrados com facilidade em vegetais, principalmente os escuros;
  • vitamina C: consumir frutas cítricas e ouros alimentos ricos nesse nutriente ajuda na absorção do ferro;
  • cálcio e zinco: há ótimos “condutores de cálcio e zinco” e que são de fácil digestão, indispensáveis ao corpo, como os integrais, nozes, frutas secas e sementes;
  • vitamina B12: indispensáveis ao corpo humano, mas na substituição de vegetais por leite e derivados e carne, restam usar suplementos vitamínicos para tê-la.

A dieta vegetariana, além de ajudar a manter a forma e o peso, reduz mortes por infarto, controla o colesterol, menor pressão arterial, menos riscos cardíacos, poucos riscos de crises de vesícula ou renal; sem risco de obesidade, osteoporose controlada, entre outros benefícios.

Para quem pretende começar a dieta vegetariana, é importante ter o acompanhamento de um nutricionista e estar preparado para as mudanças de hábitos alimentares. Comece por cortar a carne na segunda-feira, por exemplo, cortar derivados em outro dia da semana, e se consumir mais de frutas, verduras e legumes. Você notará logo os resultados e terá uma ótima forma física.

Leave a Reply